Geral

Argentina enviará avião a Cuba para repatriar mortos em tragédia aérea

Da Redação ·
 Imagem cedida por um jornal estatal em Cuba mostra os trabalhos de resgate próximos ao local da queda do avião da Aerocaribbean
fonte: Periodico Escambray/04.11.2010/EFE
Imagem cedida por um jornal estatal em Cuba mostra os trabalhos de resgate próximos ao local da queda do avião da Aerocaribbean

O governo da Argentina enviará um avião a Cuba para repatriar os corpos dos nove argentinos mortos nesta quinta-feira (4) em um acidente aéreo ocorrido no centro do país caribenho.

continua após publicidade

Um avião da companhia estatal cubana Aerocaribbean caiu nesta quinta-feira (4) na região de Guasimal, na Província de Sancti Spíritus, com 68 pessoas a bordo, incluindo 28 passageiros estrangeiros, segundo autoridades do país, que confirmaram que não há sobreviventes.

continua após publicidade

O ministro das Relações Exteriores da Argentina, Héctor Timerman, divulgou a notícia na rede social Twitter.

continua após publicidade

- A presidente Cristina Fernández ordenou que preparássemos um avião para trazer as vítimas da aeronave cubana.

Segundo o jornal argentino Clarín, os passageiros foram identificados como María Pastores, Alberto Croce, Stella Croce, Carlos Sánchez Marcelo, Miriam Gallucci De Sánchez, Arturo González, Silvia Ferrari, Norma Peláez e Virginio Viarengo.

continua após publicidade

Ao final desta manhã, a chancelaria também confirmou a morte de um ítalo-argentino, Rafaelle Pugliese, que viajava com passaporte europeu.

continua após publicidade

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil informou ao R7 que não há relatos de nenhum brasileiro no voo até o momento.

No avião acidentado viajavam 40 cubanos, entre eles sete membros da tripulação, e 28 cidadãos estrangeiros de dez nacionalidades: nove argentinos, sete mexicanos, três holandeses, dois alemães, dois austríacos, um espanhol, um francês, um italiano, um japonês e um venezuelano.