Geral

Eleitores do AC decidem retornar ao antigo fuso horário

Da Redação ·
 Apenas 43,23% dos eleitores foram favoráveis á manutenção do atual fuso horário, que foi modificado em 2008 após uma lei do senador Tião Viana (PT).
fonte: Arquivo
Apenas 43,23% dos eleitores foram favoráveis á manutenção do atual fuso horário, que foi modificado em 2008 após uma lei do senador Tião Viana (PT).

Os eleitores acreanos foram contrários a alteração do fuso horário do Acre. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-AC), com 98% das urnas apuradas foi constatado que 58% dos eleitores acreanos decidiram que o horário do Acre deve retornar ao antigo fuso horário. Apenas 43,23% dos eleitores foram favoráveis á manutenção do atual fuso horário, que foi modificado em 2008 após uma lei do senador Tião Viana (PT).

continua após publicidade

Com a decisão registrada nas urnas, o Acre deverá ficar com duas horas de diferença em relação a Brasília. Atualmente, a diferença do Estado para a capital do País é de uma hora. Após a decisão dos eleitores acreanos, o TRE-AC deverá encaminhar o resultado a Câmara e ao Senado para que seja aprovada a alteração do fuso. Em seguida, o documento seguirá para sanção presidencial.

continua após publicidade

Dados do TRE-AC apontam que 28,52% dos eleitores acreanos deixaram de opinar sobre o referendo do fuso horário e também não participaram da escolha do presidente do Brasil. O porcentual foi maior que o registrado no primeiro turno, quando 22,73% deixaram de comparecer às urnas.

No Acre foi registrado o segundo maior porcentual de abstenções registrado no Brasil. O Estado que liderou o porcentual de abstenção foi o Maranhão, onde 29,52% dos eleitores deixaram de votar.