Geral

Morales vê com 'suspeita' Nobel para dissidente chinês

Da Redação ·

O presidente da Bolívia, Evo Morales, opinou hoje que é "muito suspeita" a decisão de outorgar o Prêmio Nobel da Paz deste ano para o dissidente chinês preso Liu Xiaobo. Segundo Morales, Liu é da mesma "tendência" que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ganhador do ano anterior da mesma honraria. "No ano passado ganhou Obama, agora outro personagem da tendência de Obama, se isso é o prêmio da paz como serão os outros prêmios?", questionou ele.

continua após publicidade

"A esta altura é muito suspeita essa premiação. Tinha informação de que uma das grandes candidatas eram as Mães da Praça de Maio (da Argentina), a mim também me apontaram, mas cheguei à conclusão de que esse prêmio jamais será para movimentos sociais ou personalidades anti-imperialistas e anticapitalistas", afirmou o presidente, em entrevista coletiva.