Geral

Paula Pequeno revela confiança para ir ao Mundial

Da Redação ·

A ponteira Paula Pequeno se recuperou de uma fratura no tornozelo esquerdo, voltou a treinar na segunda-feira, mas ainda corre contra o tempo para ter condições de disputar o Mundial de Vôlei, entre os dias 29 de outubro e 14 de novembro, no Japão. Com a situação indefinida, ela prometeu doação total para convencer o técnico José Roberto Guimarães para levá-la ao torneio.

continua após publicidade

"Fui liberada na segunda e voltei a treinar devagar, respeitando os meus limites. Mas, aos poucos, fui sentindo que estava bem e aumentei o ritmo. Quando fui ver, já estava saltando. Minha vida é cheia de provações. Tenho certeza de que vou passar por mais esta. Vou aproveitar a reta final de preparação até o Mundial e fazer de tudo para ir ao Japão", afirmou Paula Pequeno.

continua após publicidade

O Brasil se prepara para o Mundial com 15 jogadoras em Saquarema (RJ) e uma delas será cortada por José Roberto Guimarães. O treinador elogiou a vontade de Paula Pequeno e torce pela sua recuperação, mas avisou que ela ainda precisa melhorar para ser levada ao Mundial de Vôlei.

"A intenção é sair daqui do Brasil com jogadoras em condições ideais para a disputa do Mundial. A Paula voltou bem na parte de chão, mas falta evoluir no salto, no ataque e no bloqueio. Ela é uma jogadora de força, tem experiência internacional, é muito importante para o grupo. Mas precisa estar bem, pelo menos com 80% da sua capacidade", avaliou.