Geral

Hungria decreta alerta por vazamento tóxico

Da Redação ·
 Moradora salva seu gato do 'mar de lama' desta terça-feira (5) na cidade húngara de Devecser
fonte: AP
Moradora salva seu gato do 'mar de lama' desta terça-feira (5) na cidade húngara de Devecser

O governo da Hungria decretou estado de alerta em três departamentos da região oeste do país ameaçados por um vazamento tóxico de "lama vermelha", após um acidente em uma fábrica de alumínio.

continua após publicidade

"O governo proclamou estado de alerta nos departamentos de Veszprém, Gyor-Moson-Sopron e Vas após o vazamento de lama vermelha", anunciou o ministério do Interior.

Na segunda-feira, um depósito de lama vermelha de uma fábrica de alumínio de Ajka, que fica 165 km ao oeste de Budapeste, se rompeu por razões ainda desconhecidas, e o conteúdo foi derramado em várias localidades.

continua após publicidade

Este é o acidente químico mais grave da história da Hungria, afirmou o secretário de Estado do ministério do Meio Ambiente, Zoltan Illés, que visitou Kolontar, uma das cidades afetadas.

"O vazamento de lama vermelha é uma catástrofe ecológica", afirmou Illés.

A lama vermelha é um resíduo tóxico da produção do alumínio, muito corrosivo e que contém chumbo.

A produção de uma tonelada de alumínio gera quase três toneladas de lama vermelha.