Geral

Pentágono destrói autobiografia de militar

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Pentágono destrói autobiografia de militar
fonte: Arquivo
Pentágono destrói autobiografia de militar

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos pagou US$ 47 mil para destruir 9.500 cópias da autobiografia de um ex-oficial da inteligência do Exército, o que indica que o livro contém informações secretas que poderiam ameaçar a segurança nacional, segundo informações publicadas hoje.

continua após publicidade

O porta-voz do Pentágono, coronel Dave Lapan, disse que na semana passada funcionários militares supervisionaram o envio pela editora St. Martin's Press de cópias do livro "Operation Dark Heart" ("Operação Coração Negro") para reciclagem. A editora havia planejado lançar a autobiografia de Anthony Shaffer no dia 31 de agosto. O advogado de Shaffer, Mark Zaid, disse que a Reserva do Exército havia liberado inicialmente o manuscrito, mas que mais tarde o Departamento de Defesa rescindiu a aprovação, afirmando que o texto continha informações secretas.

continua após publicidade

Shaffer e a editora concordaram em fazer uma nova versão do material. Cópias vazadas do livro são vendidas por até US$ 1 mil, segundo a Fox News Channel. Uma segunda impressão do livro incorpora algumas alterações solicitadas pelo Pentágono, com parte do texto - de palavras a parágrafos inteiros - apagados.