Shopping russo onde morreram 64 pessoas volta a pegar fogo - TNOnline
Mais lidas

    Geral

    Geral

    Shopping russo onde morreram 64 pessoas volta a pegar fogo

     Shopping russo onde morreram 64 pessoas voltou a pegar fogo nesta segunda-feira (26) - Foto: Sputnik/ Aleksandr Kryazhev
    Foto por Reprodução
    Escrito por DA REDAÇÃO
    Publicado em 26.03.2018, 06:31:00 Editado em 26.03.2018, 06:48:11
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O shopping Zimnyaya Vishnya, na cidade siberiana de Kemerovo, na Rússia, atingido ontem (25) por um grande incêndio, voltou a pegar fogo nesta segunda-feira, relata a Agência de Notícias Sputnik

    Equipes de resgate e Bombeiros trabalham no local. Uma fumaça densa e preta pode ser vista saindo do teto do edifício.

    De acordo com os últimos dados do Ministério para Situações de Emergência russo, a tragédia tirou a vida de 64 pessoas, incluindo muitas crianças. A informação foi confirmada pelo Comitê de Investigação da Rússia.

    O foco do incêndio estava no andar superior onde ficam várias salas de cinema e zonas de entretenimento para crianças.

    Das 64 pessoas mortas no incêndio, foram reconhecidas apenas 15, informaram autoridades russas. Segundo o Ministério para Situações de Emergência, será impossível identificar todas as vítimas sem realização de testes de DNA.

    Pelo número de vítimas, o incêndio no shopping em Kemerovo se tornou um dos quatro maiores incêndios na Rússia nos últimos 100 anos.

    As informações são da Agência de Notícias Sputnik


    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Geral

    Deixe seu comentário sobre: "Shopping russo onde morreram 64 pessoas volta a pegar fogo"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.