Mais lidas
Ver todos

    Geral

    Fora da TV, Adriane Galisteu diz que redes sociais são termômetro da simpatia ou apatia

    Escrito por FolhaPress
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    JANAÍNA RIBEIRO

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Afastada da televisão desde o término de seu contrato com a Band News, Adriane Galisteu, 44, afirmou que a interação nas redes sociais faz toda a diferença, pois é o real termômetro da simpatia ou apatia do público. Ela apresentava no canal o programa Face a Face, que antes era comandado pelo atual prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB).

    A apresentadora diz ser difícil a convivência com pessoas teimosas, a exemplo da ex- BBB Patrícia, que saiu da casa com rejeição de 94% e mesmo com o alto índice, assumiu ser da forma como o público a vê e diz não se importar. "Ela teve uma rejeição absurda e mesmo assim, não se enxerga, continua arrumando treta como fez o tempo todo que esteve confinada."

    Sobre apresentar um programa de entretenimento na rádio Globo, Galisteu afirma que está voltando as raízes e fica difícil opinar qual área gosta mais. Todas as quartas, ela aborda assuntos relacionados ao comportamento, à moda e dá conselhos ao público, de maioria feminina, no programa Papo de Almoço.

    Casada com o empresário Alexandre Iódice, 47, e mãe de Vittorio, 7, a ex-modelo diz que o marido não opina nem ajuda na hora de escolher os "looks". "Casa de ferreiro, espeto de pau", diz Galisteu. Ela diz ainda ser fácil lidar com a personalidade pisciana de Iódice.

    Na semana da mulher, Galisteu foi ao autódromo de Interlagos para gravar um vídeo para o seu canal #Sem Filtro, no YouTube,  que conta com mais de 252 mil inscritos. Ela diz ter se desacostumado com o barulho dos motores, e que estava em um lugar muito especial, que significava muito para história dela e que, apesar de ter retornado poucas vezes no local, frequentou o autódromo por muito tempo.

    Para quem não se recorda, a apresentadora namorou o tricampeão mundial Ayrton Senna (1960-1994), pouco antes da morte do atleta.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    A luta das mulheres por direitos no Brasil, com Aline Rocha e Gabriela Sacchelli

    Deixe seu comentário sobre: "Fora da TV, Adriane Galisteu diz que redes sociais são termômetro da simpatia ou apatia"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.