Mais lidas
Ver todos

    Geral

    Adaptação de Marx para crianças tem edição esgotada

    Escrito por FolhaPress
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    BRUNO MOLINERO

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A adaptação para crianças de “O Capital”, principal obra do alemão Karl Marx, teve tiragem esgotada no Brasil. “Você recebeu? Porque esgotou em nove dias e nem a gente tem mais”, perguntou à reportagem Ivana Jinkings, editora da Boitempo. “O Capital Para Crianças” foi lançado pelo selo Boitatá, braço infantojuvenil da casa, no início deste ano. Com as vendas acima do esperado, está agora em fase de reimpressão –a previsão é estar novamente disponível a partir de 23 de março.

    No livro, cuja ilustração abre este texto, Marx vira o vovô Carlos e conta a história de um operário que produz meias em uma fábrica e compara o seu salário ao preço do produto na loja. Questionada sobre os componentes ideológicos da obra, Ivana diz que houve uma preocupação em não fazer um livro panfletário, mas em tratar do tema e da ótica marxista de maneira delicada, compatível com crianças de sete ou oito anos.

    A linguagem didática não apresenta apenas conceitos como luta de classes e reflexões sobre as jornadas de trabalho. Também ajuda a fazer conexões com assuntos mais recentes –é inevitável ler as questões do final e não relacioná-las à reforma trabalhista, por exemplo. “Espero que o livro seja usado nas escolas. Mas sinto que professores e diretores podem ter medo. Alguns pais não querem Marx mostrado a seus filhos. Outros filósofos são lidos por crianças. Mas Marx não pode”, afirma.

    De fato, a página da Boitempo e o perfil pessoal da editora receberam ataques após a publicação da adaptação. Telefonemas chegaram a ser feitos para intimidar a empresa. “Não sei por que foi uma surpresa. A Boitempo lança livros do Marx faz tempo. E o Boitatá nasceu com a proposta de ser uma Boitempo para crianças.”

    A editora tem outros planos nesse caminho. Na última semana, chegou às prateleiras “O Deus Dinheiro”, infantojuvenil baseado em texto de Marx contido nos “Manuscritos Econômico-Filosóficos”. A narrativa mais visual, com toques de surrealismo, foi criada pelo artista espanhol Maguma.

    Outros títulos no horizonte são uma nova edição de “O Fantasma de Karl Marx” (já lançado no Brasil, o livro cria uma trama fictícia em que o pensador se fantasia de fantasma) e “O Rato e a Montanha”, com texto do marxista italiano Antonio Gramsci. Todos fazem parte da celebração do chamado “ano Marx”, como a editora está encarando 2018, quando é comemorado o bicentenário de nascimento do autor de “O Capital”.

    OUTROS LIVROS

    Além dos temáticos marxistas, o selo prevê publicar em breve “Meu Crespo É de Rainha”. Lançado originalmente em 1999 pela americana Bell Hooks, a história já está à venda no site da editora e fala para crianças pequenas sobre a aceitação do cabelo afro.

    Além disso, a ilustradora espanhola Olga de Dios (já entrevistada pelo blog; leia aqui) terá mais duas traduções: “Rã de Três Olhos” e “Em Família”.

    Ainda sem data definida, um infantil de Maria Rita Kehl ilustrado por Laerte também está previsto para 2018 ou 2019. “Não queremos cartilhas. Queremos livros de qualidade, com temas que façam a criança pensar”, diz Ivana.

    O CAPITAL PARA CRIANÇAS

    Adaptação: Joan R. Riera

    Ilustradora: Liliana Fortuny

    Tradutora: Thaisa Burani

    Editora: Boitatá

    Preço: R$ 37 (2018, 32 págs.)

    Leitor: iniciante + leitura compartilhada

    O DEUS DINHEIRO

    Autor: Karl Marx

    Ilustrador: Maguma

    Tradutores: Jesus Ranieri e Artur Renzo

    Editora: Boitatá

    Preço: R$ 69 (2018, 664 págs.)

    Leitor: intermediário + leitura compartilhada

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Jornal da Tribuna 2ª Edição - Destaque: Pré Candidato a vereador em Apucarana desmente boato sobre prisão

    Deixe seu comentário sobre: "Adaptação de Marx para crianças tem edição esgotada"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.