Geral

Americana presa no Irã se encontra com Ahmadinejad

Da Redação ·
 A americana Sarah Shourd faz pronunciamento junto a mães de seu namorado e seu amigo, que permanecem presos no Irã
fonte: Chris Hondros/19.09.2010/AFP
A americana Sarah Shourd faz pronunciamento junto a mães de seu namorado e seu amigo, que permanecem presos no Irã

A americana Sarah Shourd, libertada depois de ter ficado presa por mais de um ano no Irã sob a acusação de espionagem, reuniu-se nesta sexta-feira (24) com o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, em Nova York, para solicitar a libertação de seu namorado e um amigo, segundo informou a rede americana ABC.

continua após publicidade

- Falar com o presidente é algo pelo qual rezei muito tempo na prisão.

continua após publicidade

Sarah, 32 anos, presa em julho de 2009, foi libertada na semana passada. Seu namorado, Shane Bauer, e seu amigo, Josh Fattal, continuam retidos no Irã.

continua após publicidade

- Quero agradecer ao senhor Ahmadinejad por seu gesto de permitir que minha mãe e eu nos reuníssemos com ele, assim como as mães de Shane e Josh. Foi um gesto muito amável.

Os americanos são acusados pelas autoridades iranianas de serem espiões. No entanto, alegam que estavam praticando caminhada nas montanhas do Curdistão iraquiano e entraram por engano no território iraniano.

continua após publicidade

Na última quarta-feira (22), o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Celso Amorim, pediu a Ahmadinejad a libertação dos dois americanos. Um dia antes, Amorim também se reuniu com Sarah, que agradeceu o envolvimento brasileiro no caso.

Copyright AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados