Geral

Suécia prende suspeito em avião que passou por ameaça de bomba

Da Redação ·
 O tráfego aéreo no aeroporto continua transcorrendo normalmente, informou a direção do local
fonte: Divulgação
O tráfego aéreo no aeroporto continua transcorrendo normalmente, informou a direção do local

A polícia sueca deteve um suspeito ao esvaziar um avião procedente do Canadá e com destino ao Paquistão, com 273 passageiros a bordo, que aterrissou no aeroporto de Arlanda (Estocolmo) após uma ameaça de bomba.

continua após publicidade

A detenção transcorreu sem tumulto, segundo a polícia, que investiga inicialmente o indivíduo, de origem paquistanesa e portador de passaporte canadense, por um delito de ameaças.

Especialistas anti explosivos inspecionam a aeronave, o indivíduo e sua bagagem em busca do suposto material explosivo que desencadeou o alarme.

continua após publicidade

O piloto foi contatado ao sobrevoar espaço aéreo sueco pela polícia canadense, que o informou que a aeronave - um Boeing 777 da Pakistan Airlines que ia de Toronto a Karachi (Paquistão) - levava um passageiro que poderia estar carregando material explosivo, segundo um porta-voz do aeroporto.


As autoridades suecas autorizaram a aterrissagem do avião às 7h30 locais (2h30 de Brasília) em uma pista a algumas centenas de metros dos terminais do aeroporto, situado a cerca de 40 km da capital sueca, e deslocaram 20 homens da polícia para inspeção.

continua após publicidade

O indivíduo passou sem problemas por todos os controles de segurança e não estava em nenhuma lista de suspeitos de terrorismo, segundo um porta-voz do serviço sueco de emergências aéreas.

O tráfego aéreo no aeroporto continua transcorrendo normalmente, informou a direção do local.