Geral

Venezuela proíbe venda de games violentos e armas de brinquedo

Da Redação ·
Autor da lei acredita que brinquedos 'bélicos' banalizam a violência
fonte: blogspot.com
Autor da lei acredita que brinquedos 'bélicos' banalizam a violência

Entrou em vigor nesta quarta-feira na Venezuela uma nova lei que proíbe a venda e a importação de videogames violentos, armas de brinquedo e outros artigos semelhantes que façam alusão a guerras ou qualquer outro ato de violência.

continua após publicidade

A medida é uma tentativa de diminuir o ambiente de criminalidade no país.

A legislação prevê que quem importar, fabricar, vender, alugar ou distribuir esse tipo de brinquedo no país pode ser preso e cumprir pena de três a cinco anos.

continua após publicidade

Além da detenção, ainda estão previstas multas para pessoas que promoverem a compra e uso dos jogos considerados bélicos. No caso da veiculação de publicidade, por exemplo, o responsável poderá ser multado em até US$ 60 mil (R$ 107 mil).