Geral

Reino Unido prende sexto suspeito de atentar contra papa

Da Redação ·
 Papa Bento 16 (esq.) e arcebispo de Canterbury, Rowan Williams, conduzem missa na catedral de Westminster
fonte: Adrian Dennis/17.09.2010/AFP
Papa Bento 16 (esq.) e arcebispo de Canterbury, Rowan Williams, conduzem missa na catedral de Westminster

A polícia do Reino Unido prendeu no início da tarde desta sexta-feira (17) o sexto suspeito de planejar um ataque terrorista durante a visita do papa Bento 16 ao país, informaram as autoridades locais. Mais cedo, a Scotland Yard havia anunciado a prisão de outras cinco pessoas.

continua após publicidade

A detenção do homem de 29 anos ocorreu às 13h45 (9h45 de Brasília), no norte de Londres, capital britânica, e "está ligada às cinco prisões efetuadas no centro de Londres durante a manhã", indicou a polícia.

continua após publicidade

Os detidos, que têm idades entre 26 e 50 anos, são suspeitos de terem "financiado, preparado ou inspirado atos de terrorismo". No final da tarde, todos ainda estavam sendo interrogados.

continua após publicidade

Os possíveis extremistas islâmicos, supostamente argelinos, foram presos na empresa onde trabalhavam e conduzidos à sede da autoridade policial.

Suspeitos trabalham como lixeiros

continua após publicidade

A emissora Sky afirmou que os cinco homens presos na manhã desta sexta-feira eram lixeiros e estavam no início de seu turno de serviço. Eles trabalhariam na área de Westminster, onde Bento 16 teve atividades durante a tarde de hoje, o que explicaria a velocidade da ação das forças de segurança.

continua após publicidade

A denúncia foi feita na noite desta quinta-feira (16). Ainda não há informações sobre a identidade ou a profissão do sexto homem detido.


A prisão ocorreu em um depósito da sociedade privada de limpeza urbana Veolia Environment Services, na região da Baker Street, rua que se tornou célebre por ser o endereço do detetive Sherlock Holmes, personagem do escritor Arthur Conan Doyle.

continua após publicidade

Papa "está calmo" após as prisões

continua após publicidade

A polícia britânico informou que o papa Bento 16 está "calmo" depois da prisão dos suspeitos de planejar os supostos ataques terroristas.

continua após publicidade

O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, informou que o líder católico está feliz com a viagem.

- A polícia toma as medidas necessárias, a situação não é particularmente perigosa.

O incidente não provocou mudanças no itinerário do papa, garantiu um porta-voz dos agentes de segurança.

- Em seguida às prisões, foram revistas as medidas de segurança e estamos convencidos de que os planos adotados são adequados.

Copyright AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados