Geral

Fies abre nesta terça-feira as inscrições para 75 mil vagas

Da Redação ·
Programa que financia a graduação de estudantes no ensino superior em instituições privadas. Foto: Divulgação
Programa que financia a graduação de estudantes no ensino superior em instituições privadas. Foto: Divulgação

Estão abertas, a partir desta terça-feira (25), as inscrições para o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) do segundo semestre, programa que financia a graduação de estudantes no ensino superior em instituições privadas. As informações são da Agência Brasil.

continua após publicidade

As inscrições terminam nesta sexta (28) e deverão ser feitas exclusivamente pelo site do programa federal.

No total, 75 mil novas vagas serão oferecidas aos estudantes que procuram financiamento para cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas. A relação dos candidatos pré-selecionados será divulgada no dia 31, quando também será aberta a lista de espera.

continua após publicidade

Apesar das mudanças anunciadas no início do mês no Fies para 2018, neste semestre continuam valendo as regras atuais. Poderão se inscrever os estudantes que tenham participado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O candidato também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Os estudantes pré-selecionados deverão concluir a inscrição pelo SisFies (Sistema Informatizado do Fies), entre 1º de agosto e 8 de setembro.

A partir de 2018, o Novo Fundo de Financiamento Estudantil será dividido em três modalidades. No total, o programa vai garantir 310 mil vagas, sendo que 100 mil serão ofertadas para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos a juro zero, incidindo a correção monetária.

continua após publicidade

Novos modelos

FIES 1 (público)

Quem pode pedir: Estudantes de todo o país com renda familiar per capita de até 3 salários mínimos

continua após publicidade

Vagas em 2018: 100 mil

De onde virá o dinheiro: De um fundo garantidor com recursos da União. As universidades também vão compartilhar o risco do financiamento, que hoje é concentrado no governo federal

continua após publicidade

Juros: Valor será corrigido pela inflação e a taxa de juro real será zero

FIES 2 (privado)

Quem pode pedir: Estudantes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste com renda familiar per capita de até 5 salários mínimos

continua após publicidade

Vagas em 2018: 150 mil

De onde virá o dinheiro: Dos fundos constitucionais regionais

Juros: 3% ao ano, além de correção monetária

FIES 3 (privado)

Quem pode pedir: Estudantes de todo o país com renda familiar per capita de até 5 salário mínimos

Vagas em 2018: 60 mil

De onde virá o dinheiro: Do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e dos fundos regionais de desenvolvimento das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste

Juros: Não tem uma taxa definida, apesar de o governo dizer que os juros serão "baixos"