Geral

Soldados ficam em quarentena por suspeita

Da Redação ·
 Membro de equipe de emergência deixa local suspeito de sofrer ataque de antraz em 2001, nos EUA; bactéria já foi usada como arma contra americanos
fonte: Robert Wachal/25.10.2001/AP
Membro de equipe de emergência deixa local suspeito de sofrer ataque de antraz em 2001, nos EUA; bactéria já foi usada como arma contra americanos

Seis soldados americanos e um turco foram colocados em quarentena em um hospital de Istambul, na Turquia, após a descoberta de um "pó suspeito" no aeroporto Atartuk, também na capital do país, informou nesta sexta-feira (3) a agência de notícias turca Anatolia.

continua após publicidade

De acordo com as autoridades, o pó será analisado para determinar se contém ou não esporos causadores de antraz, doença caracterizada por infecção aguda nos pulmões. Os resultados devem ser conhecidos neste fim de semana.

continua após publicidade

Os soldados americanos trabalhavam no aeroportona recepção dos pacotes remetidos para sua unidade, uma missão na Turquia sob comando da Otan (aliança militar ocidental).

continua após publicidade

Segundo a Anatolia, um dos militares encontrou o pó em um pacote ao abrir a embalagem, que considerou suspeita.

Os esporos da bactéria do antraz já foram utilizados como arma biológica contra os Estados Unidos, após os atentados de 11 de setembro de 2001.

continua após publicidade

Ao menos cinco pessoas morreram após receberem pacotes que continham um tipo de pó repleto de esporos de antraz. Os responsáveis pelos ataques nunca foram identificados.

Copyright AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados