Geral

Advogado diz que alga é de qualquer represa de água doce

Da Redação ·

Sammir Haddad Junior, advogado do ex-namorado acusado de matar Mércia Nakashima, Mizael Bispo, afirmou ao R7 na manhã desta quarta-feira (1º) que o laudo da polícia é leviano ao dizer que algas encontradas no sapado de Bispo provam que ele matou a advogada. Na terça-feira (31), a perícia mostrou que vestígios de algas da mesma espécie encontrada na região da represa de Nazaré Paulista, onde Mércia foi morta, estavam no sapado de Bispo.

continua após publicidade

Junior alega que Mizael frequenta outros lugares que tem algas e que o laudo não especifica que apenas naquela represa tinha a alga.

continua após publicidade

- A alga é de qualquer represa de água doce. Tem no laudo que eu tenho na minha mão. O laudo foi leviano em afirmar que ele [Mizael Bispo] estava lá. Ou ele [a perícia] afirma por convicção, ou não afirma.

continua após publicidade

Em entrevista coletiva na terça-feira, o perito Renato Patolli afirmou que foram encontradas pequenas quantidades de sangue e ossos no sapato de Mizael. O perito disse que não foi possível determinar se as amostras são humanas ou de animais.

- Pela prova, é possível dizer que o sapato analisado estava com o autor do crime, que teve de entrar na água e empurrar o carro.

continua após publicidade

Outro indício detectado pela perícia foi chumbo, equivalente aos dois projéteis de arma de fogo encontrados no carro de Mércia. Para o diretor geral do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), Marco Antônio Desgualdo, o documento irá ajudar a Justiça a definir o desfecho do crime.

continua após publicidade

- A perícia fez um excelente de trabalho. Com a robustez do laudo, outros itens vieram à tona. Foi montado um quebra-cabeça. Com o juiz será verificada a prova como um todo. A convicção da polícia está no laudo.

Segundo ele, pelo levantamento laboratorial evidente no documento, está comprovado para a polícia que o dono do sapato é o autor do crime – apontado pelas investigações como sendo Mizael Bispo.