Geral

Homem é preso por venda de dados sigilosos

Da Redação ·

A Polícia Civil de São Paulo prendeu hoje um dos responsáveis pela produção e venda de mídias contendo informações sigilosas de cidadãos brasileiros. O vendedor Alessandro Neves Moraes, de 31 anos, foi abordado na região central da capital paulista.

continua após publicidade

O suspeito só fornecia o material aos interessados que tivessem indicação de algum cliente. Por esse motivo, a investigação durou cerca de 90 dias. Os policiais se passaram por possíveis distribuidores para conseguir ter acesso ao produto. A prisão foi realizada quando Moraes tentava vender seu produto a policiais da delegacia Antipirataria do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic).

continua após publicidade

O material ilegal continha dados pessoais como RG, CPF, entre outros. Moraes foi preso em flagrante e responderá por crime contra a inviolabilidade dos segredos. Segundo o delegado Antônio Lambert, apesar do flagrante, cabe fiança para esse tipo de crime.