Geral

Ativistas fazem manifesto pela vida de iraniana em Paris

Da Redação ·

Aproximadamente 300 ativistas de direitos humanos fizeram ontem um protesto, em Paris, em apoio à iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani, de 43 anos. Ela foi condenada à morte por apedrejamento em seu país.

continua após publicidade

Numa tentativa de convencer o Irã a cancelar a pena, os manifestantes tomaram as ruas da capital francesa carregando cartazes em que se lia "Vamos salvar Sakineh, uma mãe de dois filhos, sentenciada por adultério".

continua após publicidade

Depois de enfrentar protestos internacionais, o Irã suspendeu a pena no mês passado, mas alertou que Sakineh ainda poderá ser condenada à forca. As informações são da Associated Press.