Geral

Presidente confirma que os 33 mineiros soterrados estão vivos

Da Redação ·
 Familiares de mineiros soterrados há 17 dias comemoram notícia de que eles estão vivos, a 700 m de profundidade
fonte: Hector Retamal/22.08.2010/AFP
Familiares de mineiros soterrados há 17 dias comemoram notícia de que eles estão vivos, a 700 m de profundidade

O presidente chileno, Sebastián Piñera, confirmou neste sábado (22) que os 33 trabalhadores presos a 700 m de profundidade em uma mina no deserto de Atacama há 17 dias estão vivos, informou a imprensa local.

continua após publicidade

A confirmação veio de uma mensagem no papel mostrada pelo presidente aos familiares dos mineiros. Ela foi colocada em uma sonda que conseguiu chegar ao local onde resistem os homens desde o último dia 5 de agosto, quando um deslizamento de terra bloqueou os acessos à mina San José.

continua após publicidade

- Estamos todos bem no refúgio, os 33 vivos.

continua após publicidade

A informação, foi dada extraoficialmente por parentes dos trabalhadores que se reuniram com Piñera. Uma fonte, citada pelo jornal El Mercurio em sua edição online, confirmou a informação.

- Estávamos ali, ouvi os gritos, me aproximei e vi o papel. Estou feliz, ocorreu o que todos pensávamos.

continua após publicidade

Contato será feito através de sonda nos próximos meses

continua após publicidade

Segundo o jornal chileno La Nacion, assim que a sonda alcançou o refúgio dos mineiros várias cartas foram enviadas por eles aos seus familiares. Estes, por sua vez, aguardam notícias há 17 dias no acampamento Esperanza.

continua após publicidade

No entanto, o presidente Piñera disse que o resgate total levará “meses”, por se tratar de um trabalho delicado a muitos metros debaixo da terra.

Até lá, a sonda pode levar água e comida para que os sobreviventes sigam resistindo no interior da mina. Dentro de seis horas, será realizado o primeiro envio de água e glicose, de acordo com o ministro de Mineração, Laurence Golborne.

continua após publicidade

Esperanças eram cada vez menores

Nos últimos dias, Piñera chegou a apelar a Deus para encontrar com vida os homens, já que, segundo estimativas, os trabalhadores teriam oxigênio para sobreviver 72 horas após o desmoronamento.

Um dos trabalhadores que atua nas tarefas no local, declarou também que se pode ouvir batidas, que poderiam ser um sinal emitido pelos mineiros.

As autoridades pedem, no entanto, calma diante das informações, assim como pede à imprensa que não faça especulações, para evitar "falsas ilusões". As atividades de resgate continuam no local.