Geral

Casa de procurador da República é invadida na Paraíba

Da Redação ·

Cinco homens armados com revólveres e pistolas invadiram a casa do procurador da República, Guilherme Ferraz, no final da noite de ontem, em João Pessoa. Até o final da tarde de hoje, a Polícia da Paraíba não tinha pista dos bandidos.

continua após publicidade

Os criminosos renderam o procurador, seus pais, uma irmã e um amigo da família. Eles foram trancados em um quarto enquanto a casa era vasculhada. Eles levaram dinheiro, joias, celulares, dois laptops e fugiram em um carro pertencente a Ferraz. O veículo foi encontrado hoje, no bairro do Cabo Branco, na capital paraibana.

continua após publicidade

Ele é procurador auxiliar da propaganda eleitoral junto ao Ministério Público Eleitoral, na Paraíba, e propôs várias ações e deu pareceres favoráveis à impugnação de candidatos com base na Lei da Ficha Limpa.

continua após publicidade

Ferraz foi a segunda autoridade ligada à Justiça Eleitoral a ser atacada por bandidos esta semana no Nordeste. O primeiro ataque foi sofrido pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), desembargador Luiz Antônio Mendonça, que sofreu um atentado à bala.

Em 2006, foi Ferraz quem deu o primeiro parecer pela cassação do ex-governador Cássio Cunha Lima. Cunha Lima foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em fevereiro do ano passado, por ter mandado distribuir R$ 3,5 milhões em cheques de R$ 150,00 para pessoas carentes em ano de eleições. O político teve sua candidatura ao Senado impugnada este ano pelo TRE da Paraíba.