Geral

Após vistoria, Fifa elogia candidatura russa para Copa

Da Redação ·

O Comitê de Inspeção da Fifa completou nesta quinta-feira a visita de quatro dias à Rússia, uma das candidatas a sediar a Copa do Mundo de 2018 ou de 2022. Os inspetores da entidade demonstraram satisfação com a infraestrutura e os estádios, mas também alertaram que, se quiser mesmo receber a competição, o país terá que realizar obras rapidamente.

continua após publicidade

"Acho que depois da visita temos o material necessário para realizar uma avaliação justa", declarou o chefe do Comitê, Harold Mayne-Nicholls, que completou dizendo que a viagem foi "excelente" e que "o trabalho precisaria ser iniciado imediatamente", caso o país seja eleito, "para garantir que tudo ficará pronto na hora e no local certo".

continua após publicidade

Os integrantes enviados pela Fifa passaram por São Petersburgo, Moscou, Kazan e Sochi, além de realizar uma reunião de cerca de 90 minutos com o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin. "A Rússia está pronta para a Copa do Mundo. Tudo ficaria pronto em tempo e não há situação que nos impeça de financiar a quantia necessária para sediar o evento", afirmou Putin.

continua após publicidade

Além da Rússia, Inglaterra, Estados Unidos e as candidaturas adjuntas de Bélgica/Holanda e de Espanha/Portugal querem receber a Copa em 2018 ou 2022. Austrália, Japão, Coreia do Sul e Catar estão concorrendo apenas para 2022. Nos dois casos, a Fifa promete anunciar a sede no dia 2 de dezembro.

Antes da Rússia, o Comitê de Inspeção da Fifa já passou por Japão, Coreia do Sul, Austrália, Bélgica e Holanda. Na próxima segunda-feira, iniciará sua visita à Inglaterra, que é apontada como grande favorita para ficar com a Copa de 2018.