Geral

Irã quer 20 usinas nucleares em funcionamento

Da Redação ·
 Presidente iraniano insiste que a produção é para fins pacíficos
fonte: Google Imagens
Presidente iraniano insiste que a produção é para fins pacíficos

Um dia depois de anunciar a existência de um plano para a construção de dez usinas nucleares, o governo iraniano informou hoje (17) que o objetivo é dobrar este número, elevando para 20 a quantidade de plantas. O objetivo, segundo o vice-chefe da Comissão de Política Externa e de Segurança do Parlamento do Irã, Hossein Ebrahimi, é que uma das usinas esteja em funcionamento no próximo mês. As informações são da rede estatal de televisão iraniana, PressTV.
 

continua após publicidade

“Nós pensamos que precisamos criar mais usinas nucleares. O Parlamento aprovou os planos para a criação de mais 20 usinas nucleares e o governo irá construí-las", disse Ebrahimi.
 

Desde junho, o Irã está sob sanções do Conselho de Segurança das Nações Unidas, da União Europeia, dos Estados Unidos e do Canadá. A comunidade internacional desconfia que o programa nuclear desenvolvido pelos iranianos esconda a produção de armas atômicas. Os iranianos negam as suspeitas.
 

continua após publicidade

Com a pressão, por meio das restrições econômicas, a comunidade internacional quer que o Irã autorize a fiscalização das usinas nucleares suspeitas e suspenda o programa nuclear.
 

Independentemente da pressão, o Irã avisou que a Usina de Bushehr, programada inicialmente para ficar pronta em 1999, será a primeira a funcionar.