Geral

Cão ganha herança de seu dono idoso na China

Da Redação ·
Segundo matéria do China Daily, o cachorro Erfu era o único "membro da família vivo" do idoso - Foto: flickr.com/ Marilyn Peddle/br.sputinik
Segundo matéria do China Daily, o cachorro Erfu era o único "membro da família vivo" do idoso - Foto: flickr.com/ Marilyn Peddle/br.sputinik

Um chinês de 71 anos, residente da cidade de Harbin Wang Jun, na Província de Heilongjiang, no nordeste da país asiático, deixou para seu cão uma herança de 80 mil yuans (cerca de R$ 38 mil). O dinheiro foi poupado pelo ancião durante toda a vida , conforme reportagem do jornal China Daily.

continua após publicidade

O aposentado entrou em contato com um abrigo de animais e manifestou a sua intenção de doar  80 mil yuan para entidade para que o dinheiro fosse usado como "pensão de velhice" para seu cão Erfu.

Segundo a matéria do China Daily, o cachorro Erfu era o único "membro da família" do velho chinês: o filho de seis anos de idade morreu em um acidente automobilístico e, posteriormente, sua mulher morreu por causa de doença. Wang Jun criou o cão desde quando era somente um filhote. Recentemente tenho me sentido mal. Meu cão é minha única preocupação", revelou o idoso.

continua após publicidade

Wang Jun sofreu diversos ataques cardíacos e derrames, e queria ter certeza de que o cão seria cuidado após sua morte. Em 2015, Erfu se ficou perdido, mas, com a ajuda de vizinhos, o cachorro acabou localizado.

"Eu nunca o deixo sozinho desde então. Não tenho ninguém mais, e prefiro morrer a perdê-lo de novo", frisa o dono do cão beneficiário da herança. O jornal também relatou que o cão é muito fiel a seu dono e sempre fica perto dele. A administração do abrigo para animais aceitou cuidar do animal, mas não quis a aceitar o dinheiro do idoso.

Com informações do br.sputinik.com