Geral

Russo perde 40 milhões de euros por desistir da mansão de Lily Safra

Da Redação ·
 A Villa Leopolda, propriedade da brasileira Lily Safra, possui 80 mil metros quadrados
fonte: Efe
A Villa Leopolda, propriedade da brasileira Lily Safra, possui 80 mil metros quadrados
continua após publicidade

O magnata russo Mikhail Prokhorov, que há um ano e meio assinou um contrato de 390 milhões de euros para comprar da bilionária brasileira Lily Safra a mansão mais cara do mundo, conhecida como Villa Leopolda, perderá 40 milhões de euros por voltar atrás na transação, informa hoje o jornal "Le Figaro".

O russo, que fez uma fortuna de US$ 9,5 bilhões na indústria do níquel, desistiu de comprar a mansão e tentou recuperar o sinal de 39 milhões de euros que pagou pela espetacular casa localizada na Côte D'Azur, no sudeste da França.

continua após publicidade

No entanto, a Justiça de Nice decidiu a favor da proprietária do imóvel, e o magnata russo, amigo do multimilionário Mikhail Abramovich, dono do Chelsea, perderá o dinheiro que pagou adiantado pela mansão.

Prokhorov ainda terá de pagar 1,5 milhão de euros de indenização a Lily Safra.

A Villa Leopolda, que tem um jardim de oito hectares repleto de pomares, foi construída em 1902, pelo rei da Bélgica Leopoldo II.