Geral

Russo morre em final trágica do Mundial de Sauna

Da Redação ·
 Vladimir Ladyzhenskiy (à esq.) morre durante competição. O rival Timo Kaukonen é levado para o hospita
fonte: Reuters
Vladimir Ladyzhenskiy (à esq.) morre durante competição. O rival Timo Kaukonen é levado para o hospita

O russo Vladimir Ladyzhenskiy morreu neste sábado depois de participar da final do Campeonato Mundial de Sauna, em Heinola, Finlândia. Ladyzhenskiy e o finlandês Timo Kaukonen, também finalista e vencedor do concurso, foram levados para o hospital após desmaiarem. As informações são da BBC.

continua após publicidade

Arvela Ossi, um dos organizadores do campeonato, disse que todas as regras do evento foram seguidas. Ele afirma que a polícia já estava no local e vai realizar uma investigação. "Todas as regras foram seguidas e havia gente para os primeiros socorros. Todos os concorrentes tinham de entrar na competição com um atestado médico."

continua após publicidade

Kaukonen, campeão no ano passado e que repetiu a conquista neste sábado, foi encaminhado para o hospital da cidade de Lahti onde passará por exames mais detalhados.

continua após publicidade

No mundial, os competidores entram seminus na sauna, ligada a elevadas temperaturas que ultrapassaram os 100ºC. O vencedor foi o participante que suportou o calor por mais tempo.

Entre as mulheres, a campeã deste ano foi a alemã Silvia Pfuhl.
O torneio anual foi organizado pela primeira vez em 1999. Os competidores devem assumir seu próprio risco, assinando um formulário concordando em não tomar medidas legais sobre os organizadores.