Geral

Chuvas atrapalham resgate no Paquistão

Da Redação ·
 Trabalhadores de resgate passam por restos do avião que caiu nesta quarta-feira (28) perto de Islamabad
fonte: Foto Aamir Qureshi/29.07.2010/AFP
Trabalhadores de resgate passam por restos do avião que caiu nesta quarta-feira (28) perto de Islamabad

As fortes chuvas que caíram sobre a capital do Paquistão, Islamabad, nesta quinta-feira (29) atrapalharam os esforços de resgate no local onde caiu um avião paquistanês, acidente que matou as 152 pessoas que estavam a bordo um dia antes, disse uma autoridade policial.

continua após publicidade

O Airbus A321, pertencente à companhia aérea privada AirBlue, caiu nesta quarta-feira (28) em uma montanha florestal em Islamabad pouco antes da hora que deveria pousar vindo da cidade de Karachi, no sul do país.

continua após publicidade

A neblina e a forte chuva são consideradas as causas mais prováveis para o pior acidente aéreo já ocorrido em solo paquistanês.

continua após publicidade

Bin Yameenm, vice-inspetor-geral da polícia de Islamabad, disse que a operação para recuperar os restos mortais das vítimas não pode ser retomada por conta das fortes chuvas. As dificuldades de acesso ao local também atrapalham os esforços de resgate.

- Estamos esperando a chuva parar. Num clima desses, nem os helicópteros podem voar, nem as equipes de resgate podem se mover facilmente. Podemos tentar, mas parece difícil realizar essas operações num terreno tão difícil.

continua após publicidade

Investigadores analisam as causas do acidente, disse o oficial da Administração de Aviação Civil Ayaz Jadoon.

continua após publicidade

- Eles analisarão registros e documentos, embora não possam subir por causa do mau tempo.

Yameenm ainda disse que o gravador de dados da aeronave ainda precisa ser encontrado.

Copyright Thomson Reuters 2009