Geral

Em 15 anos, programa de prevenção às drogas alcança 1,3 milhão de jovens

Da Redação ·
Em 15 anos, programa de prevenção às drogas alcança 1,3 milhão de jovens (Foto: Arquivo)
Em 15 anos, programa de prevenção às drogas alcança 1,3 milhão de jovens (Foto: Arquivo)

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), desenvolvido pela Polícia Militar do Paraná, em parceria com Secretaria Estadual da Educação, é uma das mais avançadas políticas de polícia comunitária, segundo a vice-governadora, Cida Borghetti. Ela participou nesta quinta-feira (29) da cerimônia que comemorou os 15 anos do programa, que atua na prevenção às drogas e no combate à violência junto a crianças e adolescentes. Desde seu início no Paraná, no ano de 2000, o Proerd já alcançou mais de 1,3 milhão crianças e adolescentes de escolas públicas e particulares.

A vice-governadora afirmou que a relação de confiança entre os policiais, as crianças e a comunidade é extremamente positivo. “Esse reconhecimento social garante segurança, afinidade e confiabilidade entre todos. Nossos policiais militares já provaram que estão preparados e capacitados para proteger vidas e nossas crianças”, disse ela na cerimônia, realizada no Palácio Iguaçu, em Curitiba. O evento contou também do aliciamento de marginais e da violência com a participação do secretário de Estado da Segurança, Wagner Mesquita; do comandante-geral da PM, coronel Maurício Tortato, e de alunos das escolas municipais de Curitiba, Ana Hella e Sônia Kenski. 

CENÁRIO REAL - "O programa mostra um cenário real da inserção das drogas na vida do cidadão e da sociedade. Com isso as crianças aprendem a ficar longe do aliciamento de marginais e da violência”, explica Cida Borghetti. De acordo com o comandante-geral da PM, coronel Maurício Tortato, a política pública de prevenção e combate às drogas é consistente e respeitada. “A Polícia Militar se insere e abraça essa causa. É um caminho de aperfeiçoamento social e de cultura da paz. Tenho certeza que essa prevenção primária repercutirá em um futuro muito breve”, afirmou. 

PROGRAMA - O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência é executado pelo Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária e ensina alunos de quinto e sétimo ano a não se envolverem com as drogas e outras situações de violência. Os pais também são gradativamente integrados às lições do Programa. As aulas são ministradas durante um semestre letivo e os policiais são previamente capacitados para atender os alunos. No fim de cada curso são entregues diplomas aos alunos participantes, em uma solenidade de formatura. 

“O programa é edificado e enraizado em todo o estado do Paraná. É de fundamental importância esse trabalho preventivo nas crianças que são o futuro do nosso estado e o futuro da nossa nação”, afirmou o comandante interino do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária, major Mário Jorge Alves Lopes. O Proerd é baseado originalmente no Programa Americano denominado Drug Abuse Resistance Education.

continua após publicidade