Geral

Projeto pode desencadear nova greve dos professores

Da Redação ·
Alep aprova projeto que altera eleições de diretores de escolas - Foto: Pedro de Oliveira/Alep
Alep aprova projeto que altera eleições de diretores de escolas - Foto: Pedro de Oliveira/Alep

Um projeto (631/2015) idealizado pelo Executivo paranaense, que modifica as regras para eleição dos diretores nas escolas da rede estadual pode resultar em nova greve dos professores caso seja aprovado.

Motivo de discordâncias desde novembro de 2014, quando os mandatos atuais foram prorrogados, o assunto será discutido hoje (1º) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Deputados governistas anbalisam alterações no texto original para evitar um novo impasse. A votação em plenário deve ocorrer após 14 de setembro, quando acontece uma audiência pública sobre o tema, às 17 horas. 

Conforme a APP - Sindicato, a principal polêmica está no parágrafo 14, que estabelece mandatos de dois anos para os diretores, ao invés de três, mas com possibilidade de uma recondução. O cumprimento do segundo período estaria condicionado a uma avaliação, a ser realizada pela Secretaria da Educação (Seed).

De acordo com os dirigentes da APP/Sindicato, as novas regras puniriam quem se engajou nas mobilizações da categoria na greve anterior.

continua após publicidade