Geral

Suposta amante de Bruno chega a delegacia em BH

Da Redação ·
 Segundo a polícia, Fernanda ficou responsável por cuidar de filho de Eliza durante sequestro
fonte: Foto Reprodução
Segundo a polícia, Fernanda ficou responsável por cuidar de filho de Eliza durante sequestro

Fernanda Gomes Castro, suposta amante do goleiro suspenso do Flamengo Bruno Fernandes, chegou por volta das
16h desta terça-feira (20) no Departamento de Investigações de Belo Horizonte (MG). Ela entrou sem falar com a imprensa.

continua após publicidade

Fernanda foi convocada pela polícia de Minas Gerais para prestar depoimento sobre o desaparecimento e morte da ex-amante do jogador Bruno. O interrogatório havia sido marcado para acontecer às 10h, foi reagendado para às 15h.

continua após publicidade

Houve grande tumulto na chegada de Fernanda por causa dos jornalistas que estão na porta do departamento e tentaram entrevistá-la.

continua após publicidade

Ela chegou a Belo Horizonte no último sábado (17) e é defendida por Ércio Quaresma, o mesmo advogado de Bruno e de outros cinco suspeitos de envolvimento no sumiço e morte de Eliza Samudio. Os outros clientes de Quaresma são Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão; Sérgio Rosa Sales, Elenilson Vitor da Silva e Wemerson de Souza, o Coxinha.

A polícia do Rio de Janeiro chegou a pedir a prisão de Fernanda, mas, segundo delegado, a solicitação foi negada pela Justiça.

continua após publicidade

Em entrevista coletiva na semana passada, a delegada Alessandra Wilke, da Delegacia de Homicídios de Contagem, confirmou a participação de Fernanda no sequestro de Eliza Samudio e de seu filho, na época com quatro meses.

continua após publicidade

De acordo com Alessandra, após ser sequestrada no flat onde estava hospedada com o filho, Eliza foi levada para a casa do goleiro no Recreio, zona oeste do Rio de Janeiro. Lá estavam Fernanda e o jogador. A mulher teria ficado responsável por cuidar do bebê na ausência da mãe.

A versão da polícia aponta que Eliza, o bebê, Macarrão, o adolescente de 17 anos – primo do jogador -, Bruno e Fernanda seguiram no dia seguinte para o sítio do goleiro em Esmeraldas, região metropolitana de Belo Horizonte. No caminho, eles pararam em Contagem, onde passaram a noite em um motel.