Geral

Rastreamento de celular mostra que Mizael ligou para vigia

Da Redação ·
 Mizael Bispo prestou depoimento na sede do DHPP, no centro de São Paulo, na manhã desta terça-feira
fonte: Foto Werther Santana/AE
Mizael Bispo prestou depoimento na sede do DHPP, no centro de São Paulo, na manhã desta terça-feira

O delegado Antonio Olim, responsável pelas investigações do caso Mércia Nakashima, disse no início da tarde desta terça-feira (20) ter identificado um terceiro celular que não estava habilitado no nome de Mizael Bispo, mas que Bispo admitiu ser dele.

continua após publicidade

Olim contou que a quebra do sigilo desse telefone mostrou que Bispo falou pelo menos 16 vezes com o vigia Evandro Bezerra da Silva, também suspeito na morte de Mércia Nakashima, no dia do desaparecimento da advogada. O rastreamento também mostrou que Mizael não ficou no carro no período de cerca de duas horas em que o veículo esteve estacionado em frente ao Hospital Central de Guarulhos, como ele havia afirmado anteriormente.

continua após publicidade

O promotor do Ministério Público de São Paulo Rodrigo Merli Antunes reiterou as informações de Olim e disse ter presenciado as perguntas feitas pela polícia nesta manhã ao suspeito. Antunes falou que, quando questionado se havia falado com Silva no dia do desaparecimento de Mércia, Bispo disse que não se lembrava. Quando o delegado falou do rastreamento, o policial aposentado disse que esse tipo de perícia é falha. Porém, segundo o promotor, anteriormente Bispo havia confirmado concluída pela polícia com base no rastreamento telefônico: a de que ele tinha conversado com Mércia dias antes do crime.

continua após publicidade

Antunes contou que Bispo ficou visivelmente surpreendido com os dados novos que foram apresentados a ele pelo delegado nesta manhã.

- Ele ficou desconcertado.

continua após publicidade

O promotor disse ainda que acredita que a polícia deve relatar o caso ao Ministério Público até a semana que vem.

Antonio Olim voltou a afirmar que o policial militar aposentado Mizael Bispo é culpado pela morte de Mércia.