Geral

​Polícia dos EUA prende atirador que matou nove em igreja

Da Redação ·
Imagem de câmera de segurança mostra suspeito de matar nove pessoas em igreja de Charleston. 18/06/2015 Foto: Polícia de Charleston / Reuters
Imagem de câmera de segurança mostra suspeito de matar nove pessoas em igreja de Charleston. 18/06/2015 Foto: Polícia de Charleston / Reuters

O americano Dylann Storm Roof, 21 anos, suspeito de abrir fogo contra uma igreja em uma comunidade negra de Charleston, na Carolina do Sul (EUA) na noite desta quarta-feira (17), foi detido pela polícia em Shelby nesta quinta-feira (18).

continua após publicidade

A informação foi divulgada pelo chefe da polícia local. Ele seria o responsável por atirar e matar nove pessoas. O ataque é considerado um atentado racista.

O suspeito ganhou uma arma do pai como presente de aniversário de 21 anos em abril, disse o tio dele nesta quinta-feira (18). Autoridades estiveram na casa da mãe de Dylann Roof na manhã desta quinta-feira, disse o tio, Carson Cowles, em uma entrevista.

continua após publicidade

Cowles disse que reconheceu Roof em uma foto divulgada pela polícia, e o descreveu como quieto e calmo. O pai de Roof deu a pistola calibre .45 de aniversário neste ano, disse o tio.

Oito das vítimas morreram dentro da igreja Emanuel African Methodist Episcopal Church e a nona pessoa acabou morrendo no hospital, segundo o chefe da polícia da cidade, Gregory Mullen. Um dos fiéis está hospitalizado.