Geral

Operação em favelas no Rio assusta moradores, e interrompe aulas e BRT

Da Redação ·
Ônibus do BRT foi queimado na manhã desta sexta-feira (12) (Foto: Reprodução/Whatsapp)
Ônibus do BRT foi queimado na manhã desta sexta-feira (12) (Foto: Reprodução/Whatsapp)

Uma operação policial nas favelas de Antares e do Rola, em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio, assustou moradores, deixou alunos sem aulas e interrompeu a circulação do sistema BRT Transoeste. O fechamento aconteceu entre os trechos de Santa Cruz e Campo Grande, e de Paciência a Salvador Allende. O consórcio informou que tomou a medida por cautela por conta do confronto. Um dos ônibus, inclusive, teria sido incendiado, segundo o consórcio BRT Rio.

continua após publicidade

Também por conta dos tiros, o Ciep João Vitta interrompeu atividades. Cerca de 500 estudantes perderam as aulas no turno da manhã. Já a rede municipal deixou 8 mil crianças sem aula, entre 10 escolas e 4 creches paralisadas. Segundo a Polícia Militar, uma operação na Favela do Rola deteve um homem com uma pistola. A ocorrência foi encaminhada para a 36ª DP. Por volta das 11h, após cerca de uma hora de interrupção, o sistema BRT voltou a funcionar.