Geral

​Explosões em comício do partido curdo deixam mortos na Turquia

Da Redação ·
Fumaça de explosão é vista em meio à multidão após explosões na cidade turca (Foto: Ilyas Akengin/AFP)
Fumaça de explosão é vista em meio à multidão após explosões na cidade turca (Foto: Ilyas Akengin/AFP)

Duas pessoas morreram nesta sexta-feira (5) em Diyarbakir, no sudeste da Turquia, em duas explosões de origem desconhecida durante um comício eleitoral do HDP, o principal partido curdo a dois dias das eleições legislativas, anunciou um ministro turco.

continua após publicidade

Mais de 100 pessoas ficam feridas neste incidente, segundo o ministro da Agricultura, Medhi Eder, citado pela agência de notícias pró-governo Anatolia, de acordo com a agência France Presse.

Segundo a Reuters, médicos de hospitais da cidade disseram que mais de 100 pessoas buscaram atendimento e um apelo urgente por doações de sangue foi divulgado. "Ainda não está claro se isso foi um ataque ou um acidente", afirmou o primeiro-ministro, Ahmet Davutoglu, segundo a Reuters. "Qualquer que seja a causa, nós iremos descobrir", disse ele. Já o ministro turco de Energia, Taner Yildiz, negou que o incidente se devesse à explosão de um transformador. "Inspecionamos o transformador e é muito óbvio que a explosão aconteceu fora, não dentro, porque a porta está danificada a partir de fora; além disso não apresenta danos internos", afirmou Yildiz.

continua após publicidade

Um jornalista local explicou à agência EFE por telefone que foram ouvidas duas detonações, com um intervalo de três minutos, perto de uma unidade de distribuição elétrica. Após o incidente, o canal de televisão curdo Med-Nuçe gravou breves choques entre os simpatizantes do HDP e a Polícia desdobrada na área, que utilizou gás lacrimogêneo, mas os distúrbios não se generalizaram.