Geral

Total de fumantes cai 30%, mas hábito ainda atinge um em dez brasileiros

Da Redação ·
Foto: Arquivo/TN - imagem ilustrativa
Foto: Arquivo/TN - imagem ilustrativa

O número de fumantes caiu cerca de 30% no país nos últimos nove anos, mas o hábito de fumar ainda permanece entre um em cada dez brasileiros, apontam dados do Ministério da Saúde divulgados nesta quinta-feira (28).
Hoje, 10,8% dos brasileiros são fumantes. Em 2006, esse percentual era de 15,6%, de acordo com a pesquisa Vigitel, que monitora fatores de risco para a saúde. 

continua após publicidade

Ao mesmo tempo em que o número de fumantes diminuiu, o consumo de cigarros ilegais cresce no Brasil, segundo dados inéditos do Inca (Instituto Nacional de Câncer). Em cinco anos, o percentual de fumantes que consome cigarros ilegais passou de 2,4% para 3,7%.

Nas cidades próximas à fronteira com o Paraguai, o consumo de cigarro ilegal é ainda maior, e atinge 40,4%. 

continua após publicidade

Para o ministério, políticas como o aumento no preço dos cigarros, a proibição da propaganda e o aumento no rigor das leis antifumo colaboraram na redução do número de fumantes no país. 

O governo avalia, no entanto, que a redução poderia ter sido maior se não houvesse o crescimento do mercado ilegal de cigarros. 

MENOS CIGARROS 

continua após publicidade

Com a redução no hábito de fumar no país, também cresce o número de pessoas que agora se declaram como ex-fumantes ou que afirmam ter tentado parar de fumar no último ano. Hoje, 21,2% dos brasileiros já afirmam terem deixado o cigarro. 

Na outra ponta, aumenta entre os fumantes o desejo de parar de fumar: em cinco anos, o percentual daqueles que tentaram largar o vício passou de 45% para 51%. 

O grande incentivo é o preço: mais de metade dos fumantes pensaram em parar de fumar por esse motivo, de acordo com o levantamento do Inca.
A pesquisa mostra ainda que a população que ainda fuma tem diminuído o número de cigarros: em 2006, 4,6% da população consumia mais de 20 cigarros ao dia, um percentual que caiu para 3% no ano passado. 

continua após publicidade

Entre a população, o hábito de fumar é maior na faixa etária de 45 a 54 anos (13,2%), e menor entre jovens de 18 e 24 anos (7,4%). 

Já a capital com maior proporção de fumantes é Porto Alegre, onde 16,4% da população fuma regularmente. A menor proporção é em São Luís (5,5%).