Geral

​Acidente provocado por ex-deputado e que matou jovens completa 6 anos

Da Redação ·
O inquérito policial apontou que Carli Filho dirigia com velocidade entre 161 e 173 km/h - Foto: RPC
O inquérito policial apontou que Carli Filho dirigia com velocidade entre 161 e 173 km/h - Foto: RPC

O acidente que matou dois jovens em Curitiba, na região central do Paraná, provocado pelo ex-deputado Fernando Ribas Carli Filho, completa seis anos nesta quinta-feira (7).

continua após publicidade

Carli Filho, de Guarapuava, na região central do Paraná, foi denunciado e processado, mas, desde 2009, a sociedade espera pelo julgamento, adiado por intermináveis recursos da defesa.

Em 7 de maio de 2009, o carro blindado que o então deputado dirigia decolou em um trecho da Avenida Monsenhor Ivo Zanlorenzi, atingindo o veículo das vítimas, que entrava na mesma avenida fazendo uma conversão à esquerda. Gilmar Yared,  de 26 anos, e Carlos Murilo de Almeida, de 20, morreram na hora.

continua após publicidade

O inquérito policial apontou que Carli Filho dirigia com velocidade entre 161 e 173 km/h; que ele estava com a carteira de habilitação suspensa por excesso de multas de trânsito; e que havia ingerido quantidade de álcool quatro vezes acima da tolerada à época.

A polícia divulgou a imagem de um radar no momento da batida, mas as imagens dos outros radares que teriam flagrado o carro do então deputado em outros trechos da rua nunca apareceram. O acidente comoveu o Paraná e o país, além de levantar um grande debate sobre a impunidade em crimes de trânsito.

A mãe de Gilmar, Christiane Yared, iniciou uma campanha que mobilizou milhares de pessoas: a maioria, mães e pais de outras vítimas de acidentes provocados por motoristas imprudentes. Em 2014, ela foi eleita por mais de 200 mil eleitores como a deputada federal mais votada no Paraná.