Geral

​Combate ao incêndio que atinge área industrial de Santos segue nesta sexta

Da Redação ·
Equipes dos Bombeiros seguem trabalhando em incêndio na Alemoa, Santos (Foto: Reprodução/TV Globo)
Equipes dos Bombeiros seguem trabalhando em incêndio na Alemoa, Santos (Foto: Reprodução/TV Globo)

O incêndio de grandes proporções que atinge a área industrial de Santos, no litoral de São Paulo, desde a manhã desta quinta-feira (2), já dura mais de 20 horas e não tem previsão para acabar.

continua após publicidade

Os trabalhos do Corpo de Bombeiros continuaram por toda a madrugada e seguem na manhã desta sexta-feira (3). De acordo com a corporação, um dos tanques que explodiu estava carregado com 3 milhões de litros de óleo diesel, o que dificulta o serviço e pode fazer com que as chamas durem ainda alguns dias. Segundo os bombeiros, ninguém morreu no incêndio. 

Pelo menos 15 pessoas que trabalhavam no local precisaram de atendimento médico. Todas já foram liberadas. Devido a uma fagulha, o bombeiro Claudio Rodrigues Gonçalves, de 39 anos, foi encaminhado para o Pronto Socorro da Santa Casa com lesão ocular, para avaliação oftalmológica. A situação do paciente é estável.

continua após publicidade

Em entrevista ao G1 na noite desta quinta, o capitão Marcos Palumbo, porta-voz dos bombeiros, disse que a corporação não consegue controlar as chamas. "É difícil. A situação, em geral, está controlada. As chamas, porém, são outra história. Não há previsão para encerrar os trabalhos.

Um dos tanques que explodiu estava repleto de óleo diesel.

O que podemos confirmar agora, com certeza, é que ninguém se feriu gravemente durante a explosão". A internauta Josilayne Carvalho registrou uma das explosões no local (veja o vídeo abaixo). Por volta das 18h10, uma nova explosão causou correria entre profissionais da imprensa e bombeiros, que precisaram se reposicionar.