Geral

Bebê que engoliu 12 pedras de crack morre no hospital após 11 dias de internamento

Da Redação ·
Foram apreendidas maconha, cocaína e crack. (Foto: Reprodução/arquivo)
Foram apreendidas maconha, cocaína e crack. (Foto: Reprodução/arquivo)

Após 11 dias internado, morreu na UTI do Hospital Pequeno Príncipe o bebê de 1 ano e 4 meses que engoliu 12 pedras de crack na cidade de Paranaguá, no litoral paranaense.A situação iniciou-se na manhã do dia 16, quando os policiais receberam informações de uma criança teria ingerido crack e estava no Hospital Regional de Paranaguá.

“Ao chegarmos lá, abordamos a mãe, o padrasto e a avó do menino. Após constatarmos a situação, deslocamos até a casa da família, localizada na Vila São Jorge III, área já conhecida por tráfico e consumo de drogas. Fizemos uma vistoria, mas nada de ilícito foi encontrado”, contou o soldado José Luiz Pinheiro Floriano.No hospital, os policiais teriam ouvido os familiares comentarem que a criança engoliu 12 pedras de crack.

A mãe, ao ser questionada sobre o fato pela equipe, teria dito que procurava pelo filho e o encontrou em um beco, na frente da residência, já com o comportamento agitado. “Segundo informações preliminares recebidas no local da ocorrência, o menino teria engolido 12 pedras de crack”, disse a soldado Pinheiro.Diante da situação, a mãe e o padrasto foram levados até a 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá (PR).

O bebê foi transferido então para Curitiba onde permaneceu internado, mas na madrugada desta sexta-feira (27) ele não resistiu e morreu.O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba.

Fonte: BLOG PLANTÃO 190/BEM PARANÁ

continua após publicidade