Geral

​Professores e governo se reúnem pela terceira vez em Curitiba

Da Redação ·
Professores estaduais realizam ato na manhã desta quarta (25) em Curitiba (Foto: Diego Sarza/RPC)
Professores estaduais realizam ato na manhã desta quarta (25) em Curitiba (Foto: Diego Sarza/RPC)

Representantes do governo do estado e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP-Sindicato) devem se reunir mais uma vez, nesta quarta-feira (25), para tentar pôr fim à greve da categoria, que já dura 17 dias.

continua após publicidade

O encontro está marcado para as 10h no Palácio Iguaçu, sede do governo. Quase um milhão de alunos da rede estadual estão sem aulas desde o dia 9 de fevereiro, quando o ano letivo deveria ter iniciado nas escolas da rede estadual. Governo e trabalhadores já se reuniram duas vezes para traçar um acordo, que, apesar de avanços elencados por ambas as partes, ainda não ocorreu.

Antes da terceira reunião, a categoria promete realizar uma marcha em protesto, para a qual estima a adesão de cerca de 30 mil pessoas.

continua após publicidade

De acordo com a APP-Sindicato a marcha terá dois roteiros simultâneos. Os servidores da Região Metropolitana de Curitiba e da capital vão se reunir na Praça Rui Barbosa, no Centro, a partir das 8h30. Em passeata, eles seguirão até a Secretaria da Fazenda, a Praça Tiradentes e finalizam a caminhada no Centro Cívico. No mesmo horário, as caravanas de educadores e funcionários vindos do interior e do litoral paranaense se concentram na Praça Santos Andrade, no Centro. Este grupo seguirá pelas Avenidas Marechal Deodoro, Marechal Floriano, Praça Tiradentes e seguem para o Centro Cívico, onde encontram os demais manifestantes.

Greve Desde o início da greve, vários servidores estão acampados no Centro Cívico, onde fica a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e o Palácio Iguaçu. Eles chegaram a invadir o Legislativo quando deputados tentaram aprovar em apenas um dia um pacote de medidas de austeridade que poderia mexer com benefícios dos servidores. Os projetos foram retirados pelo governo para revisão. O último encontro entre o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP-Sindicato) e representantes do governo Beto Richa (PSDB) durou mais de seis horas, na sexta-feira (20). Dentre os acordos estabelecidos nesta reunião, foi confirmada a contratação de mil professores e pedagogos aprovados em concurso público, mas que não haviam sido chamados.

Confira matéria completa AQUI