Geral

OMS aprova primeiro teste de diagnóstico rápido para o ebola

Da Redação ·
Foto: arquivo
Foto: arquivo

SÃO PAULO, SP - A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou nesta sexta-feira (20) que foi aprovado o primeiro teste de diagnóstico rápido para o ebola. Com ele, será possível detectar o vírus em 15 minutos sem a necessidade de um laboratório. 

continua após publicidade

A medida poderá ser mais uma ajuda para dar fim à epidemia da doença no oeste da África, que já deixou mais de 10 mil mortos desde o ano passado. O método tradicional precisava de laboratórios grandes e até 24 horas para ficar pronto. 

O teste de diagnóstico foi desenvolvido pela companhia americana Corgenix e pode ser realizado em áreas sem energia elétrica, comuns na região da África atingida pela doença, permitindo que um paciente seja colocado em quarentena. 

continua após publicidade

Ele, porém, não dispensa o teste tradicional, por ter apenas uma margem de acerto de 92% entre pacientes infectados e de 85% em não infectados, o que poderá provocar casos de falsos negativos e falsos positivos de diagnóstico. 

Os primeiros kits deverão estar disponíveis em duas semanas para a venda às autoridades e entidades. Um dos primeiros compradores poderá ser a ONG Médicos sem Fronteiras, uma das agências humanitárias que atuam no combate ao ebola.