Geral

Blocos do Rio participam de campanha da ONU de respeito às mulheres

Da Redação ·
O objetivo é conscientizar o público de que as mulheres precisam ser respeitadas durante as "cantadas"Divulgação/Secretaria de Políticas para Mulheres
O objetivo é conscientizar o público de que as mulheres precisam ser respeitadas durante as "cantadas"Divulgação/Secretaria de Políticas para Mulheres

Dois blocos carnavalescos do Rio de Janeiro vão aproveitar a concentração de foliões nas ruas da cidade para divulgar a campanha “Neste carnaval, perca a vergonha, não perca o respeito”, da Organização das Nações Unidas (ONU). O objetivo é conscientizar o público de que as mulheres precisam ser respeitadas durante as "cantadas".

Nos desfiles dos blocos das Carmelitas, amanhã (17) de manhã, e das Mulheres Rodadas, na quarta-feira (18), serão distribuídas ventarolas que fazem três perguntas às mulheres: se ela foi paquerada, se a abordagem foi agressiva e se ela se sentiu constrangida. Caso a resposta seja não, a ventarola sugere a mensagem “Bloco que segue”, indicando que não houve nenhum problema.

Caso a resposta para as três perguntas seja sim, a campanha aconselha a mulher a ligar para o Disque 180, Disque-Denúncia da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, que também apoia a campanha da ONU.

A campanha também está sendo feita na Marquês de Sapucaí e em anúncios por várias cidades brasileiras.

continua após publicidade