Geral

Bancos de sangue para animais precisam de doações

Da Redação ·
Doação de sangue animal ainda não se tornou uma prática entre os donos de pets (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Curitiba)
Doação de sangue animal ainda não se tornou uma prática entre os donos de pets (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Curitiba)

Animais vítimas de atropelamento, intoxicação, câncer e doenças transmitidas por vetores têm na transfusão de sangue uma esperança para sobreviver. Pouca gente sabe mas também existem bancos de sangue para animais, e os estoques estão baixos em várias regiões do País.

continua após publicidade

A doação de sangue de pets ainda é pouco conhecida no Brasil e as pessoas só ficam sabendo da prática, quando o seu animal fica doente e necessita do tratamento. O processo é simples e dura, em média, 15 minutos.

Para ser doador, o cachorro precisa ter de 1 a 8 anos, pesar acima de 25 kg e estar saudável. No caso dos gatos, o animal precisa ter de 1 a 9 anos e pesar mais de 4,5 kg.

continua após publicidade

O intervalo entre uma doação e outra é de 2 meses, e é preciso estar em jejum de quatro horas. Bom para quem doa e para quem recebe, pois o doador ainda faz um check up, além de ajudar a salvar um vida.

Em Brasília, quem faz o serviço é o Centro Veterinário de Hemoterapia. Para mais informações ligue: (61) 8237-2772