Geral

Desde novembro, cidade de São Paulo já acumula 1.765 quedas de árvores

Da Redação ·
Foto: arquivo
Foto: arquivo

SÃO PAULO, SP - Um estudo da prefeitura divulgado nesta quarta-feira (4) apontou que 1.765 árvores caíram na cidade de São Paulo desde o dia 11 de novembro. 

continua após publicidade

Do total, 63% estavam saudáveis, de acordo com o estudo. No fim de dezembro de 2014 e início de janeiro deste ano, a capital paulista enfrentou uma onda de queda de árvores devido às chuvas e ao forte vento. 

Uma delas, em Higienópolis (região central), caiu sobre um táxi onde estava o administrador Ricardo Mendes, 32, que morreu. Em dezembro, o parque Ibirapuera ficou cerca de 10 horas fechado por causa da quedas de 25. 

continua após publicidade

"Nós conseguimos constatar que muitas estavam sadias, a copa não tinha nenhum problema, o tronco não estava oco. Até mudas caíram devido à grande intensidade do vento na cidade", afirmou Danilo Mizuta, engenheiro florestal da Secretaria das Subprefeituras.

Por outro lado, ele explicou que cupim e fungos foram os principais problemas encontrados nos exemplares que caíram. 

O levantamento apontou, ainda, que 43% dessas árvores caíram apenas em quatro dias (29 e 30 de dezembro de 2014 e 12 e 14 de janeiro de 2015). 

A prefeitura informou que, desde 2013 -início da gestão do prefeito Fernando Haddad (PT) - mapeou cerca de 650 mil árvores em ruas da cidade. Também afirma que em 2014 realizou 102 mil podas e 14 mil remoções de árvores.