Geral

Começa no Rio o maior encontro de música eletrônica da América do Sul

Da Redação ·
Foto: Alexandre Macieira/ Riotur/ imagem ilustrativa
Foto: Alexandre Macieira/ Riotur/ imagem ilustrativa

Considerado o maior encontro de música eletrônica e entretenimento da América do Sul, o Rio Music Conference (RMC), tem início na tarde de hoje (4), no Rio de Janeiro, e vai até o próximo dia 17. Período no qual os organizadores estimam receber 120 mil pessoas. O RMC será encerrado com cinco dias de festival, entre os dias 13 e 17, na Marina da Glória, na zona sul, e na Rua Sacadura Cabral, no centro do Rio. Entre as atrações estão DJs renomados no cenário internacional, como os holandeses Tiësto e Afrojack e o sueco Alesso.

continua após publicidade

Os ingressos variam entre R$ 80 e R$ 121 para cada dia de evento.O encontro será dividido em duas etapas: a primeira, voltada a negócios e ao desenvolvimento do mercado, será por meio de conferências, nos três primeiros dias. Entre os temas abordados estão a questão dos direitos autorais da música eletrônica no mundo, o boom dos grandes eventos no Brasil e como aproveitar as redes sociais na internet como ferramenta de marketing. Além disso, haverá workshops com dicas para alavancar a carreira no setor da música e uma homenagem ao músico Lincoln Olivetti, morto no último dia 13.

Fundador e diretor executivo do evento, Claudio Rocha Miranda, disse que a conferência tem como objetivo impulsionar o meio da música eletrônica no Brasil. “O Rio Music Conference funciona como um espaço para a troca de informações e experiências dos envolvidos nos setores da música e do entretenimento ao vivo, além de estimular novos negócios e uma rede de contatos”, explicou.

continua após publicidade

A segunda etapa é o festival propriamente dito, que passa a se chamar, a partir deste ano, Rio Music Carnival. De acordo com Miranda, a mudança é para ficar clara, ao público, a separação entre sa partes de negócios e de entretenimento. “Há seis anos temos como um de nossos grandes desafios fazer música eletrônica em pleno carnaval. Com o decorrer dos anos, percebemos que o festival deveria ter uma identidade própria”, disse.

O Rio Music Conference teve início no Rio de Janeiro, em 2009, e vem ampliando sua atuação. No ano passado, os encontros regionais passaram por Brasília, Curitiba, Belém, São Paulo e Recife. Este ano, recebeu patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura e de empresas privadas. Mais informações sobre a programação do evento e o valor dos ingressos estão disponíveis no site http://www.riomusicconference.com.br.