Geral

Richa inaugura obra que garante abastecimento de água até 2030

Da Redação ·
Foto: Ricardo Almeida/ANPr
Foto: Ricardo Almeida/ANPr

O governador Beto Richa, junto com o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone, inaugurou nesta sexta-feira (12/12), em Londrina, as obras de ampliação do Sistema Produtor Tibagi. 

continua após publicidade

Com um investimento de R$ 84 milhões, a ampliação duplicou a capacidade de produção de água tratada, que passou de 1.200 para 2.400 litros por segundo. A obra beneficia 620 mil moradores de Londrina e de Cambé, garantindo o abastecimento até o ano de 2030. Ao longo de sua execução, foram gerados 7.850 empregos diretos e indiretos. 

O governador ressaltou a importância da obra da Sanepar e de outros investimentos feitos pelo governo estadual em infraestrutura e logística para Londrina e região. “Esse projeto da Sanepar assegura tranquilidade de abastecimento de água nos próximos anos", afirmou Richa. “Outros recursos já estão previstos para Londrina, totalizando R$ 169 milhões em obras de saneamento. É o maior volume de investimentos da Sanepar para Londrina em toda a sua história", disse. “Estamos trabalhando com a preocupação de aumentar a produção de água em todo o Estado. O uso dos mananciais de abastecimento tem sido feito com muito critério e planejamento para garantir que todo o Estado seja abastecido com água de qualidade. Os trabalhadores mais qualificados em saneamento de todo o Brasil estão na Sanepar”, completou. 

continua após publicidade

O governador mencionou também os investimentos da Copel, que chegam a R$ 100 milhões. “Outros R$ 130 milhões já estão programados para a implantação da linha de transmissão entre Londrina e Assis, no estado de São Paulo. Isso vai assegurar qualidade e segurança no fornecimento de energia”, disse ele. 

Richa ressaltou a presença do governo estadual no projeto de ampliação do aeroporto de Londrina, com R$ 27 milhões destinados para as desapropriações de áreas do entorno, o que possibilitará aumento da capacidade operacional do aeroporto. “Isso terá impacto regional, porque o aeroporto serve a muitos municípios do Norte do Estado”, afirmou. 

A duplicação da PR-445 também foi citada como obra estratégica para garantir o desenvolvimento de Londrina e região. “Nesta semana entregamos 60% das obras e nossa previsão é que tudo estará concluído já no ano que vem”, disse ele. 

continua após publicidade

MAIS INVESTIMENTOS – A duplicação do Sistema Produtor de Tibagi é a maior obra de saneamento do Estado nos últimos dois anos, reforçou o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone. “Com este projeto, a Sanepar dota Londrina e Cambé de infraestrutura de saneamento, que é também muito importante para a atração de investimentos para a região”, destacou. 

“Também beneficia a todos os moradores dos dois municípios, garantindo mais qualidade de vida e uma vida mais saudável, graças ao acesso universal da água tratada. Nosso objetivo, agora, é também universalizar a coleta e o tratamento do esgoto”, afirmou. 

Ghignone ressaltou que 100% da população urbana paranaense têm acesso à água e 66% à coleta de esgoto. A Sanepar é também a única empresa brasileira a tratar todo o esgoto coletado. 

continua após publicidade

DIFERENCIAL – Os prefeitos de Londrina, Alexandre Kireeff, e de Cambé, João Pavinato, falaram sobre o diferencial que a garantia da água tratada pelos próximos 15 anos dá aos municípios. “Estive recentemente com empresários paulistas, que falaram sobre como a crise hídrica dificulta o desenvolvimento. Com esta obra, Londrina tem tranquilidade no abastecimento até 2030, o que beneficia nossa competitividade”, afirmou Kireeff. 

Pavinato disse que os principais beneficiados são os moradores da região. “O acesso às redes de água e esgoto garantem qualidade de vida. Com os investimentos da Sanepar e do Governo do Estado, temos atingido índices de primeiro mundo no acesso a saneamento”, ressaltou o prefeito. De acordo com ele, além da totalidade da população urbana de Cambé contar água tratada, 90% contam tem tratamento de esgoto. 

MAIS INVESTIMENTOS – Além do Sistema Produtor Tibagi, Cambé e Londrina são beneficiados por mais investimentos. Na área de distribuição de água, estão previstas para o ano que vem melhorias no Sistema Produtor Cafezal e a execução de quatro novos reservatórios: Sul, Semíramis e Ouro Branco, em Londrina, e Esperança, em Cambé. 

A capacidade de reserva será ampliada em 25 milhões de litros de água tratada, com um investimento de R$ 32,8 milhões. Ainda em 2015, estão previstas obras de melhorias nas Estações de Tratamento de Esgoto Norte e Sul, em Londrina, com investimentos da ordem de R$ 50,1 milhões. Os novos empreendimentos devem gerar 13.477 empregos diretos e indiretos. 

PRESENÇAS – Participaram da solenidade de inauguração o presidente do Instituto Agronômico do Paraná, Florindo Dalberto; os deputados federais Luiz Carlos Hauly, Leopoldo Meyer e Alex Canziani; os deputados estaduais Alexandre Curi e Luiz Eduardo Cheida, diretores e conselheiros da Sanepar.