Geral

Polícia promete esclarecer sumiço de Eliza

Da Redação ·

A Polícia Civil de Minas Gerais, que investiga o desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes, informou à imprensa que divulgará novidades sobre o caso nesta segunda-feira (5). As investigações acontecem em sigilo e os policiais se negaram a passar informações durante todo o fim de semana.

continua após publicidade

Dados extraoficiais, segundo a Rede Record, dão conta de que os agentes fizeram buscas pelo corpo de Eliza em uma lagoa perto do sítio de Bruno, em Esmeraldas, região metropolitana de Belo Horizonte, mas nada foi encontrado no local.

continua após publicidade

O amigo do jogador, conhecido como Macarrão e com quem Eliza teria deixado o filho de quatro meses, também teria prestado depoimento nos últimos dois dias.

continua após publicidade

Informações ainda não confirmadas indicam que a Polícia Civil pode pedir a prisão preventiva da ex-mulher de Bruno, Dayane. Ela confessou que entregou o filho de Eliza para uma família durante depoimento, mas foi liberada.

A estudante paranaense está desaparecida há um mês e Bruno é o principal suspeito. Ela lutava na Justiça para que ele reconhecesse a paternidade do filho, que está morando com o pai de Eliza em Foz do Iguaçu (PR).

continua após publicidade

A polícia encontrou marcas de sangue e fios de cabelo no carro de Bruno e aguarda resultado de exames para saber se são da jovem sumida.

Esta semana deve sair também o resultado de um exame toxicológico feito pela mulher em outubro de 2009, quando ela estava grávida de cinco meses e disse ter sido obrigada a ingerir remédios abortivos.