Geral

Richa entrega 12 km duplicados da PR-445, entre Londrina e Cambé

Da Redação ·
Foto: Ricardo Almeida/ANPr
Foto: Ricardo Almeida/ANPr

O governador Beto Richa entregou nesta quarta-feira (10) os primeiros 12 quilômetros da duplicação da PR-445, entre Londrina e Cambé, no Norte do Estado. Maior obra rodoviária do Governo do Estado, a PR-445 recebe investimento de R$ 106,5 milhões, com recursos estaduais e parceria com a concessionária Econorte. 

continua após publicidade

São dois lotes entregues, duplicando os trechos entre a Universidade Estadual de Londrina (UEL) e o trevo da Sandoz, em Cambé. Também foram entregues cinco viadutos, duas trincheiras e quatro passarelas, além de 11,8 quilômetros de vias marginais e 22 quilômetros de calçadas. 

A inauguração fez parte das ações de comemoração pelos 80 anos de Londrina, que nesta quarta-feira, por meio de decreto do governador, foi sede do governo estadual. Richa percorreu o trecho duplicado em uma “catita”, veículo dos anos de 1930, um dos primeiros utilizado no transporte em Londrina. Os prefeitos de Londrina, Alexandre Kireeff, e de Cambé, João Pavinato, participaram da inauguração. 

continua após publicidade

“Quando iniciei minha gestão, em 2011 a maior reivindicação da população de Londrina era a duplicação da rodovia no trecho urbano. “Uma obra aguardada há décadas, tamanho o transtorno provocado pela rodovia na área urbana. Não medimos esforços para garantir a obra”, afirmou Richa. 

A obra deverá estar totalmente concluída no primeiro semestre do ano que vem. “Como a demanda nunca termina, surge a necessidade de levar a duplicação de Londrina até o trevo de Mauá da Serra. Já determinamos estudos para este projeto”, afirmou Beto Richa. Ele mencionou a duplicação da rodovia do café, de Ponta Grossa a Apucarana, e que já começou. “Quando concluídas essas obras, a população do Norte do Paraná irá até a capital e ao Litoral exclusivamente em pistas duplas, com mais segurança e conforto”, afirmou Richa. 

SEM ACIDENTES - O secretário estadual da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, afirmou que os outros dois lotes, entre a UEL e o viaduto do Jamile Dequech, ambos em Londrina, serão entregues no primeiro semestre de 2015. “Com isto, o fluxo de veículos da rodovia não vai mais interferir na circulação de carros da cidade, acabando com congestionamentos e acidentes”, afirmou o secretário. 

continua após publicidade

Os dois lotes liberados pelo governador foram executados pelo governo e pela concessionária Econorte. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR) investiu R$ 59,7 milhões entre a UEL e entroncamento com a BR-369. “O outro trecho foi incluído na concessão da Econorte, apesar de não estar previsto no cronograma original. Graças a negociação, a empresa investiu R$ 46,7 milhões”, disse Richa Filho. A obra foi feita entre entroncamento da BR-369 e o trevo da Sandoz. 

O DER conclui no primeiro semestre de 2015 as obras até o viaduto da Jamile Dequech. Estão em obras mais três viadutos, duas trincheiras, três passarelas e 16,6 quilômetros de vias marginais e também de calçadas. Ao todo a duplicação da PR-445, entre o Jamile Dequech, em Londrina, e o trevo da Sandoz, em Cambé, é de 22,5 km. E o investimento total é de R$ 160,2 milhões. 

Participaram da inauguração o diretor-presidente da Econorte, Hélio Ogama; o secretário estadual da Comunicação, Marcelo Cattani; o presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa; o presidente da Celepar, Jackson Leite; o presidente do Instituto Ambiental do Paraná, Luiz Tarcísio Mossato Pinto; o deputado federal Luiz Carlos Hauly e o deputado estadual Alexandre Curi, além de prefeitos e lideranças da região. 

continua após publicidade

MAIOR PROGRAMA – O Governo do Paraná está duplicando mais de 300 quilômetros de rodovias em todo o Estado. Já foram entregues a duplicação de 14 quilômetros entre Matelândia e Medianeira (BR-277), no Oeste do Estado. Começaram as obras de duplicação de Matelândia até o acesso a Ramilândia, na mesma região. Também foi entregue o contorno de Campo Largo (BR-277), na Região Metropolitana de Curitiba, com 11 quilômetros de pistas duplicadas. 

Outra obra importante em andamento é a duplicação da PR-151, entre Piraí do Sul e Jaguariaíva (nos Campos Gerais), e a duplicação da Rodovia do Café, entre Ponta Grossa e Apucarana (231 km). 

Além dessas obras, estão em execução também a duplicação e ampliação da PR-407, em Paranaguá, sentido Praia de Leste, no Litoral do Estado (3,5 km); da BR-277, entre Guarapuava e a região de Relógio (6,5 km); Maringá e Paiçandu na PR-323 (4 km); Floresta a Campo-Mourão na PR-317 (53 km) Rodovia da Uva (6,5 km); PR-415, entre Curitiba e Piraquara (14 km).