Geral

Dia D de combate à dengue reforça ações em todo o Paraná neste sábado

Da Redação ·
O Governo do Estado, em parceria com prefeituras e diversas outras instituições, realiza nesta semana uma série de atividades para reforçar o combate à dengue em todo o Paraná.
O Governo do Estado, em parceria com prefeituras e diversas outras instituições, realiza nesta semana uma série de atividades para reforçar o combate à dengue em todo o Paraná.

O Governo do Estado, em parceria com prefeituras e diversas outras instituições, realiza nesta semana uma série de atividades para reforçar o combate à dengue em todo o Paraná. A programação será encerrada neste sábado (6), “Dia D” de controle da doença, e envolve arrastões de limpeza, caminhadas, apresentações e concursos culturais, palestras em escolas e distribuição de materiais educativos.

continua após publicidade

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, explica que o momento é de intensificar as ações de prevenção para que o Paraná não enfrente uma epidemia de dengue nos próximos meses. “Com a chegada do verão e o aumento das temperaturas, o ambiente fica mais propício para a proliferação do mosquito transmissor da dengue. Por isso, convocamos a todos os paranaenses para também entrarem nesta luta contra a doença”, destacou.

A melhor forma de prevenir a dengue é eliminar qualquer tipo de objeto que acumule água parada. Estudos mostram que mais de 90% dos focos do mosquito são encontrados em casas e quintais, o que reforça a importância do envolvimento da população no controle da doença. 

continua após publicidade

Além dos tradicionais vilões, como vasos de plantas, pneus e garrafas pet, as autoridades de saúde alertam para que todos fiquem atentos também a outros potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti. 

Para chamar a atenção para este problema, a Secretaria da Saúde lançou uma nova campanha publicitária mostrando que tampinhas de garrafa, sacolas plásticas, calhas entupidas e bandejas externas de geladeira também podem acumular água e se tornar locais ideais para a reprodução do mosquito.

De acordo com o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz, o objetivo é orientar as pessoas para que realizem uma vistoria semanal em suas residências em busca de possíveis criadouros. “Queremos que todos também se tornem agentes contra a dengue. Basta que o cidadão dedique 10 minutos de sua semana para contribuir na proteção de sua família e vizinhos”, afirmou.

continua após publicidade

Entre os materiais da campanha estão cartazes, panfletos de check-list e adesivos perfurados para carros. Durante o sábado, diversos municípios também realizarão uma ação de adesivagem em veículos oficiais e particulares.

NÚMEROS – De agosto De 2014 até esta quinta-feira (4), 309 casos de dengue foram confirmados no Paraná, a maioria concentrada nas regiões Noroeste e Norte do Estado. Neste novo período epidemiológico, dois municípios paranaenses já alcançaram situação de epidemia –

Paranapoema e Itaúna do Sul, ambos na região de Paranavaí.

A coordenadora do Programa Estadual de Controle da Dengue, Themis Buchmann, explica que o governo estadual enviou equipes de saúde para apoiar o combate à dengue nesses municípios com a aplicação do fumacê. “A ação é eficaz apenas contra o mosquito adulto e, portanto, precisa ser realizada simultaneamente à intensificação das visitas de rotina dos agentes de endemias”, alerta.