Geral

Irã diz ter provas de sequestro de cientista

Da Redação ·

O Irã entregou à Embaixada da Suíça, que representa os interesses americanos em Teerã, supostas provas do sequestro do físico iraniano Shahram Amiri por parte da CIA (agência de inteligência americana), declarou neste domingo (4) Ramin Mehmanparast, porta-voz da diplomacia citado pela cadeia iraniana PressTV.

continua após publicidade

- As provas do sequestro de Shahram Amiri pela CIA foram entregues à embaixada suíça, que representa os interesses americanos em Teerã. Esperamos que o governo americano anuncie o quanto antes os resultados de sua investigação a propósito deste cidadão iraniano.

continua após publicidade

O porta-voz acrescentou que os Estados Unidos são responsáveis pela vida de Amiri.

continua após publicidade

Shahram Amiri desapareceu em junho de 2009 ao chegar à Arábia Saudita, para onde viajou para fazer uma peregrinação. Teerã diz que ele foi sequestrado pelos Estados Unidos com a ajuda dos serviços de inteligência sauditas.

No final de março, o canal de televisão americano ABC assegurou que o cientistas, apresentado como um físico nuclear, havia desertado e estava colaborando com a CIA.

continua após publicidade

Em 7 de junho, a televisão estatal iraniana difundiu um primeiro vídeo no qual um homem que se apresenta como Amiri afirma ter sido sequestrado pelos serviços secretos americanos e que está detido perto de de Tucson (Arizona, oeste dos Estados Unidos).

continua após publicidade

Teerã pediu então por vias legais informações sobre o cientista.

continua após publicidade

Em resposta, o porta-voz do Departamento de Estado americano, Philip Crowley, desmentiu que Washington tenha sequestrado o físico, apesar de se negar a dizer se o cientista se encontrava ou não nos Estados Unidos.

No final de junho, um segundo vídeo foi difundido pela televisão iraniana, no qual o mesmo homem afirma ter escapado das mãos dos agentes americanos e que se encontrava em algum lugar do Estado americano da Virgínia.

Copyright AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados