Geral

Maior guerra da história dos EUA está longe do fim

Da Redação ·

A guerra mais longa dos Estados Unidos bateu recorde de mortes no mês passado. Morreram ao todo cem militares das forças que há nove anos combatem os rebeldes do Taleban no país, em um conflito que parece muito longe de terminar.

continua após publicidade

Como se isso não bastasse, o principal comandante das tropas internacionais (que também incluem países como Reino Unido e Alemanha) perdeu o emprego após ter aparecido em uma reportagem da revista Rolling Stone fazendo críticas pesadas ao presidente dos EUA, Barack Obama, a seu vice, Joe Biden e a diversos membros do governo. O general David Patreaus assumiu no lugar do general Stanley MacChrystal, demitido após encontro com Obama, no último dia 23 de junho.

continua após publicidade

A nomeação de Petraeus pode ser a última tentativa de Washington de encerrar um conflito cada vez mais caro, que está acabando com o orçamento da coalizão, no momento em que as nações tentam superar uma das piores recessões da história.

A oposição à guerra começa a crescer dentro dos Estados Unidos. Uma emenda exigindo um cronograma para a retirada do Afeganistão, apesar de não aprovada pelos deputados, obteve 162 votos - a maior votação contra a guerra já conseguida no Congresso.