Geral

Preso mata outro detento e come o pulmão dele por engano

Da Redação ·
 Nicolas disse que queria a alma de Thierry
fonte: EFE/Globo
Nicolas disse que queria a alma de Thierry

Nicolas Cocaign não fica devendo nada a Hannibal Lecter. O francês de 39 anos, preso em Rouen, matou um outro detento. Depois, abriu o peito de Thierry Baudry e comeu um dos pulmões da vítima. Mas ele comeu o pulmão por engano. Nicolas queria, na verdade, ter comido o coração.
 

continua após publicidade

O canibal comeu ali mesmo diante de Thierry parte do pulmão. Depois, o restante foi frito juntamente com cebolas em um fogão improvisado na cela de Nicolas, de acordo com o "Daily Telegraph".
 

"Eu queria a alma dele", disse Nicolas, que estava detido aguardando julgamento por tentativa de roubo a mão armada.